terça-feira, abril 25, 2006

Páscoa na catalunha!

Este ano aproveitei os feriados para ir de férias para a Catalunha. Na quinta partimos logo a seguir ao almoço rumo a Terradets, Pared de las Buixes, onde nos esperava o Guga. A viagem decorreu sem problemas... de maior, numa média de 100 km/h que baixava para os 60 km/h em algumas subidas. Ainda em Portugal o carro aqueceu demasiado e tivemos de parar na auto-estrada. Felizmente o Nuno solucionou o problema na ventoinha do carro com um bocado de strappal (aquele rolo de adesivo que serve para proteger os dedos e tem mais um conjunto variado de funções...)! Parece que esta foi a última grande viagem do nosso boline...

Na primeira noite de férias eu apanhei um maldito resfriado com os ares frescos dos pirinéus e os primeiros dias de escalada foram para esquecer. Entre dor de garganta e de cabeça, ranhoca e tosse deu para disfrutar de uma via ou outra, mas nada muito fanático. No primeiro dia escalámos em Terradets, fazia um bocadinho de calor, mas mesmo assim deu para escalar ao sol tranquilos. A falésia é espectacular, com inúmeras chorreiras a escorrer falésia abaixo.

Com acampamento montado em Terradets, fomos explorar dois pequenos sectores de escalada, Custóias e La Pedrera, que ficam um pouco a norte de La Pobla de Segur. Em Custóias disfrutámos da escalada mais rara das férias. A falésia é formada por lajes enormes que nas suas extremidades forma pequenas regletes muito aderentes. Em La Pedrera, para se chegar à base das vias é preciso cruzar uma tirolesa sobre o Rio Noguera. No final do dia, com os braços cansados tornou-se mais dificil cruzar a tirolesa, o que valeu foi o Guga do outro lado do rio "Venga aí Bellation, venga aí...". Estes dois sectores apesar de pequeninos, triunfam muito e vale bem a pena uma visita.

Ainda doente, voltámos a Terradets e o Guga encadeou a Latido del Miedo, o 8a mais famoso da Pared de Las Bruixes e de tarde fomos até Sta Lynia, a cova da moda. É realmente impressionante o extraprumo dos 8c e 9a, eu diria mesmo... inumano!

No dia seguinte acordámos sobre chuva intensa, e a manha foi passada a tentar tirar os carros do intenso lamaçal que se tinha formado durante a noite junto ao nosso acampamento. Eu "salvei a expedição" tirando o carro do Guga do lamaçal, qual Colin McRae. Bueno, na realidade eu fui a única que não empurrei o carro à chuva e estava comodamente sentada ao volante do super boline do Guga!

Daqui partimos rumo à Serra de Prades e escalámos os dois primeiros dias em Margelef de Montsant. Os sectores que mais triunfam é o Cabernet e o Balcó de L'Ermita. Só a paisagem destes dois balcões já vale a caminhada, a escalada é a cereja em cima do bolo. Entre bidedos e tridedos, "empotramentos" inumanos o Nuno encadeou dois 7c à vista e eu fiquei-me por um 7b à segunda de qualidade internacional.

O Miguel e o Guillem juntaram-se a nós em Margalef e depois do Guga arranjar a bomba de injecção de gasolina do carro com um pedaço de caneta (o Guga é o Rei!) fomos para Cornudella de Montsant agarrar mais mono, bi e tridedos.

O primeiro sector foi o Racó de Missa, onde está o 8b+ e o 8a mais famoso de Montsant, a Elements e a Hidrofobia. O dia foi passado a agarrar bidedos sobre vias de 30 metros com 2 kilos de expresses ás costas. Eu bati o recorde de permanência numa via, 1 hora de bidedo em bidedo. Mas valeu o esforço porque encadeei um 7b á vista!

Fanáticos com os bidedos de Montsant e acompanhados pelo Ricardo e o Humberto que tinham chegado de Portugal no dia anterior, fomos ao sector Barrots, que tem uma aproximação de quase uma hora de caminhada sempre a subir. Aqui provámos talvez as melhores vias de Montsant, entre 7a e 7b, guapíssimas! O Nuno, o Miguel e a Eillin foram ainda ao sector L'Escletxa fazer um 7c+, que segundo a Josune, é a melhor via de Montsant. O Nuno não desiludiu e de entalamento em entalamento encadeou o seu primeiro 7c+ à vista.

No último dia, farto de bidedos e com a pele massacrada dos entalamentos fomos para Siurana, aos sectores Esperó Primavera e Olla. Aqui disfrutámos de um estilo mais plaqueiro e regletico. Ao final da tarde iniciámos a longa travessia de Espanha a 100 km/h...

Aqui ficam algumas fotos.


A viagem de ida... ainda em Portugal.

Pared de Las Bruixes

Aquecimento em Terradets

Num 7a em Custóias

Tirolesa para cruzar o Rio Noguera em La Pedrera

Sector La Pedrera

A espectacular cova de Sta Lynia

Guga a provar um oitavo de Sta Lynia

Nuno escalando em Sta Lynia

Sector Cabernet em Margalef de Montsant

Um 7b guapissimo do sector Cabernet

Um 7a guapissimo do sector Cabernet

Sector Balcó de L'Ermita em Margalef

"El Rei" a arranjar a bomba de injecção de gasolina

Racó de Misa em Montsant

Guga na Hidrofobia, 8a. Teve de esperar mais dois dias para encadear a via.

Sector Barrots, Montsant

Sector Esperó Primavera, Siuruna

Sector Olla, Siurana


Miguel e Eillin na La pota d'elefant, 7c+, Siurana

Nuno em Ya os vale, 7c, Siurana

Viva!

Bem vindos ao meu blog!

Este vai ser um blog maioritariamente sobre escalada, porque eu escalo, sou fanática e passo muitas horas da minha vida a escalar. No entanto, vou esforçar-me por falar noutras coisas, para aqueles que não gostam de escalar possam vir cá espreitar de vez em quando!!