quinta-feira, dezembro 28, 2006

O Espinhaço outra vez!

Na véspera da véspera de natal foi dia de massificação do Espinhaço. Desde um encontro, que teve lugar no tempo em que os animais falavam e os clássicos tinham futuro ou antes ainda, que estas paredes poucas vezes devem ter visto tantos escaladores num só dia.
.
A excitação estava em alta e quase não houve tempo para o habitual cafezinho na Panisol, local de encontro! Todos queriam ir escalar e aproveitar o solinho de Inverno e um pedaço de rocha para pôr algum friend ou entaleco. Os mais fanáticos só diziam - bora lá!!!, sob pena de ficarem sem fissurinha para brincar.
.
Para estacionar estava o caos, foi preciso ordenar todos os carros, como se de um jogo de sokoban se tratasse, para que todos coubessem naquele ínfimo espaço, habituado a um carro solitário. Depois, a caminhada, atropelamentos uns atrás dos outros, puxadelas de cabelo, rasteiras e trambolhões, tudo para ver quem é que descia primeiro o rappel que nos leva à base das vias.
.
Mas perante tamanha massificação, faltava escolher a via. Tarefa assaz difícil perante tantos pretendentes. Depois de uma luta grega, golpadas nas costas e beliscões acabámos por levar a melhor sobre a dupla Cuca e Filipe e fomos direitinhos para a via Miradouro.
.
A dupla Grilo e Roxo, nervosos com a invasão do seu território pelos escaladores desportivos, e no meio de tamanha confusão acabaram por se esquecer da corda no cimo do rappel de... 70m!!! O Roxo foi o praxado, que teve de ir a pé buscar a corda... e por pouco não se esquecia também do arnês e tinha de voltar a pé.
.
O dia esteve esplêndido e o convívio em alta. As vias Miradouro, Lunáticos e Normal encheram-se de magnésio e deram as boas vindas aos escaladores afortunados! Eu diria que deve ter sido das poucas vezes que as manchas brancas do magnésio eram superiores às manchas brancas das cagadelas dos pássaros. A dupla mais ética, composta pelo Cuca e Filipe, encadearam em livre o segundo largo da via Normal cada um deles a abrir e a colocá-los.
.
O Grilo e o Roxo, apetrechados de material, conquistaram a via Lunáticos, uma das melhores da parede. Eu e o Nuno rachámos a via Miradouro, ficando o Nuno a abrir o largo mais duro, 7b de bloco. A mim coube-me abrir o primeiro largo da Miradouro, que segue por dois diedros, e o último largo, um 6b bastante "esquisito" aberto pelo Cuca, onde se pode escalar ou rastejar.
.
Depois de muita conversa e fotos, algum friend e entalador colocado, umas quantas quedas e outros tantos blocas, as vias lá foram encadeadas, ou simplesmente, escaladas, e no final da tarde ainda houve tempo para muitos pegues à via Palácio da Lua. A famosa fissura que virou moda!
.
A dupla Grilo e Roxo usaram técnicas sofisticadas de entalamentos de dedos, mãos, punhos, strappal, peles e pêlos para subirem por aí a cima, numa ciência assaz apurada em que se subentende que não fazem força! Os restantes escaladores habituados às explosivas vias de desportiva, apertaram "à muerte" por ali acima.
.
De encadeamentos a realçar a 1ª repetição a pôr os "amigos" da via Palácio da Lua, a cabo de Filipe Costa e Silva. A 2ª repetição da mesma façanha viria dois dias depois, desta vez por Nuno Pinheiro.
.
Os escaladores que não se preocupem que esta massificação foi para aproveitar o fim da época de escalada e inicio da época de nidificação. Além disso segundo informações ultra secretas, não se espera uma nova massificação do espinhaço neste século... pelo menos.
.

Dupla Cuca e Filipe no ínicio da Normal

Eu a abrir o primeiro largo da Miradouro, 6a+

Primeiro largo da Miradouro

Primeiro largo da Miradouro

Roxo na reunião do segundo largo da via Lunáticos

Eu na reunião do 1º largo

Nuno a apertar no largo duro da Miradouro, 7b de bloco

Eu a abrir o último largo, "Espuma Branca" 6b

Nuno a rastejar na variante da via Miradouro, "Espuma Branca" 6b

De baixo para cima, Grilo, Cuca, Filipe e Roxo, cada um na sua via

Cuca e Filipe a relaxarem no cimo da Parede grande

Eu na fissura, Palácio da Lua

Eu nos últimos passos da fissura

Cuca de friend na boca no Palácio da Lua

Os "mirones", Roxo, Grilo e Nuno

Nuno também no Palácio da Lua

Grilo a entalar-se na via da moda

Filipe a encadear o Palácio da Lua a pôr friends.

- Atenção, vou saltar!!!

2 Comments:

At 29 dezembro, 2006 12:55, Anonymous mmg said...

Que grande dia!!! E que divertida descrição...

Foi sem duvida o dia mais massificado que alguma vez avistei no Espinhaço, mas foi também um dos mais divertidos que naquela falésia passei.

Ahh...embora as aparencias iludam, (pelo menos eu) todo entaladinho na tremenda fissura na Palácio da Lua, fiz força suficiente para os proximos tempos!

Um grande dia!

Miguel Grillo

 
At 02 janeiro, 2007 11:13, Blogger FCS said...

Belo tempo esse em que os animais falavam e outros animais não falavam. Dia a repetir. Excelente report!

 

Enviar um comentário

<< Home