segunda-feira, março 19, 2007

Campeonato da Europa de Boulder

A Selecção Portuguesa de Escalada Desportiva esteve este fim-de-semana no Campeonato da Europa de Boulder, em Birmingham. Depois de cumpridas as estafetas pelo Porto e por Londres, a Selecção chegou a Birmingham na quinta-feira à tarde, a tempo de ir ao technical meeting da prova.
.
Na sexta-feira tiveram lugar as eliminatórias femininas. O primeiro bloco estava ao gosto de todas, muito fácil e bom para aquecer os motores para o que vinha a seguir - blocos de aplates, pinças e regletes a tender para o duro a muito duro. Infelizmente nem eu nem a Kimie tivemos power suficiente para deitar abaixo os blocos e rebolar por eles acima. Os 6 minutos que tinhamos à nossa disposição não foram suficientes para visualizar a sequência, apertar nos blocos e ganhar motivação para encadeá-los. Feitas as contas acabámos as duas em 40º lugar.
.
Os rapazes competiram no dia seguinte e também não tiveram melhor sorte. Os blocos eram de difícil visualização com volumes e uma fissura bem ao estilo British. O melhor atleta encadeou apenas 4 dos 6 blocos à disposição. Para se passar à fase seguinte bastaria encadear 3 dos blocos, o que demonstra a dureza dos mesmos. O Zé fez o primeiro bloco e acabou em 54º lugar e o Fred ficou em 57º lugar.
.
Quem deu show foi o austriaco David Lama, com apenas 16 anos ganhou a competição, mostrando sempre uma grande superioridade em todos os blocos. Nas meninas, vitória francesa para a Juliete Danion.
.
Durante a nossa estadia tivemos oportunidade de treinar com a equipa espanhola, num muro de Birmingham. O muro tem muitas alternativas de extraprumo e de presas e pudemos apertar e aprender bastante com eles.
.
Parece que a distância que nos separa dos restantes competidores ainda é grande e, às vezes, parece infinita... Vimos sempre para casa com a ideia clara de que temos de treinar mais. Mas será que basta só treinar mais? Será que temos condições para tal? Sabemos o que treinar? Quantas horas devemos gastar por sessão? O que aplicar em cada dia da semana: bloco ou resistência? Ao longo destes anos já aprendemos alguma coisa, mas falta-nos ainda aprender muito. Falta-nos aprender o que as outras selecções já sabem há muitos anos e que para elas não é novidade.
.
Demos o nosso melhor e ficámos nos últimos lugares. No final da competição fico sempre com uma pergunta a moer-me o juízo: então e agora? Será que vale a pena vir a uma próxima ou será melhor ficar em casa a partilhar um pouco da experiência que ganhámos nestas competições com as gerações mais jovens?
.
Nós demos o nosso melhor, disso não tenho dúvida, mas o nosso melhor não é suficiente, nem sequer para nos igualarmos aos melhores da Europa. Aproveito para agradecer o apoio da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada e o apoio da Deep Eyes.
.
Obrigado a todos pelas palavras de apoio e de incentivo, que foram muito bem recibidas :)
.

T-shirt da selecção, fornecida pela Deep Eyes

Eu no primeiro bloco

Descansando entre blocos

Terceiro bloco da prova. Dos mais duros...

Kimie trocando impressões com a Irati Anda (Selecção Espanhola)
.
Kimie lutando no quinto bloco
.
Últimas forças para o último bloco
.
José Abreu no segundo bloco
.

Fred no primeiro bloco, momentos antes de lançar

Fred no segundo bloco

Zé no diedro (4º bloco)

Fred na fissura (3º bloco)
.
Treinando em Birmingham
.

Treinando em Birmingham (Pablo Barbero, Edu Marin e Irati Anda)

5 Comments:

At 19 março, 2007 19:23, Anonymous Anónimo said...

A verdade nua e crua sobre a realidade desportiva da escalada em Portugal. Para melhorar o caminho é longo, sempre mais longo de que se pode esperar, sempre com obstaculos inesperados...

Este pensamentos, humildes, altruístas e despidos de qualquer presunção, deveriam ser lidos e por todos, interessados ou não, pois são perolas de sabedoria de uma verdadeira campeã.

Nunca caias em desepero de causa... Continua a trabalhar, pois, com todo trabalho de hoje se forma a bonança do amanha.

Voces estiveram bem...
E da proxima vez vão estar melhor...

 
At 19 março, 2007 23:32, Anonymous Anónimo said...

Olá Isabel (desta vez penso nao estar enganado no blog)

Não tenho qualquer dúvida que vocês merecem e devem ir às competições, enquanto forem apoiando as vossas idas e enquanto vocês forem os melhores nacionais.

Tb não tenho dúvida que deve ser feito um maior investimento nas camadas jovens.

Eu tenho escaladores Juniore Masc. a escalar 7a em rocha que são referências na minha escolas. Ao deles treinam miúdas de 13 anos que os idulatram e penso cá pra mim: mais 3 anitos e passam-lhes a perna!

Não sei se vocês, "gurus" da escalada nacional sentem o mesmo. Se sentem que a geração que aì vem trás novos talentos. Ok, não será fácil igualar um "Zé" ou uma "Bolinha" a curto prazo, mas a médio prazo não tenho dúvidas que vamos continuar a evoluir.

Como?

A minha teoria é sempre a mesma: cada um fazer cada vez melhor aquilo k já vem a fazer bem!

Os professores nas escolas ensinarem (mais e melhor), os organizadores de comps (mais e melhor), os angariadores de apoios financeiros (mais e melhor), os departamentos de formação (mais e melhor), a seleção nacional, os estágios, as seleções juvenis (mais e melhor), os atletas duros treinarem mais e melhor, etc, etc, etc.

Eu tento fazer a minha parte (mais e melhor) e sei que tb tentas.

Aos poucos, um abanão aqui, outro ali, vamos lá!

Não desanimes... apesar de lá fora te sentires diminuída, pra nós... és uma referência!

Nelson Cunha

 
At 21 março, 2007 11:59, Anonymous Anónimo said...

Continuem que quando tiver-mos alguém em forma para dar luta aos melhores este alguém irá, ou já terá, beneficiado do que vocês aprendem por lá.

Acabo por achar que a vossa maior responsabilidade nestas competições é ir tentar e depois transmitir a experiência ganha.

Bjs

R.

 
At 22 março, 2007 10:54, Anonymous flash said...

Provavelmente o que falta é apoio aos atletas, haver campeonatos que realmente sirvam para selecionar e motivar atletas. O que falta é que os reponsaveis, que tem poderes para tal, encarem as suas responsabilidade de forma mais profissional, pelo menos é a visão que tenho no que diz respeito à competição em .pt .

continua a apertar.

bj

 
At 23 março, 2007 22:36, Anonymous Anónimo said...

Todos nós contribuimos de alguma ,forma para o desenvolvimento da escalada em Portugal, e dessa forma, também pra o nosso desenvolvimento pessoal.
Vocês foram a esta competição porque o mereceram, para representar da melhor forma possível as cores da nossa nação. Apesar de os resultados não terem sido os melhores, o importante é não desistir, e continuar o bom trabalhado que tem sido efectuado... à pouco tempo atrás, nem a competições internacionais os atletas portugueses iam... Parabens por terem ido, e por todo o esforço efectuado!
Melhores resultados virão...!
Bj,
Sílvio Morgado

 

Enviar um comentário

<< Home