quarta-feira, maio 23, 2007

USA - Parte 1

A nossa viagem iniciou-se em Newark (Nova Iorque) e vai acabar em San Francisco. Primeiro a costa Este e depois a costa Oeste. O inicio da viagem, foi o normal, aterramos em Newark, chateamos-se todas as rent-a-car a ver qual a que nos fazia um melhor preco, decepcionados com os precos acabamos por escolher a Avis, que apesar de ser carissima era a mais em conta e rapidamente nos metemos a estrada, para fugirmos da agitacao da cidade.
.
Existem alguns dados interessantes sobre os Estados Unidos em geral, primeiro convem cumprir os “speed limit” nas estradas, apesar dos policias simpatizarem com os portugueses, mais cedo ou mais tarde pode-vos cair uma multa no bolso, segundo sao os fast food: nao se sente verdadeiramente a america sem se passar o tempo em busca de um McDonalds para saciar a fome (algo que nunca pensei que me acontecesse...), terceiro, compras so no Wal-Mart, e as palavras mais ouvidas por aqui sao: awesome e amazing!!!
.
Sobre a escalada desportiva tambem existem uns factos interessantes. Em primeiro lugar, se escalas sexto grau, vieste ter ao destino certo, as vias sao todas de excelente qualidade e nascem como cogumelos; em segundo lugar e’ aqui que esta a melhor escola de escalada desportiva do mundo: Red River Gorge; e por ultimo, se nao tens o stickclip (tambem conhecido como anoretico) prepara-te para passar o tempo a procura de paus, ou para passar medo em blocagens duras a 2 metros do chao, sem nenhuma chapada!
.
O primeiro destino de escalada foi Rumney, 500 km a Norte de Nova Iorque. Esta falesia e’ famosa pelo tipo de rocha e por ter vias tecnicas e bloqueiras. Foi aqui que o poderoso Dava Graham aprendeu a escalar. O sitio e fantastico e sem duvida merece uma visita. A escalada e muito diferente da que estamos habituados e pode-se encontrar de tudo, desde vias de tres chapas, ate vias de 30 metros. A escalada e hiper tecnica sobre um granito escuro muito aderente. Abundam as regletes, embora tambem se encontre um ou outro aplate. Os calhaus vao surgindo no meio de uma densa floresta, mantendo o acesso aos sectores muito apetecivel. Apesar da escalda estranha e tecnica, nos la nos safamos nas vias mais longas, porque nas de bloco ate em 6b caimos...
.
De Rumney direccao New River Gorge, para mais escalada! Esta zona de escalada desportiva esta relativamente proxima de Red River Gorge, e por isso sao comparadas muitas vezes pelos escaladaores locais. Aqui entre nos, apesar de New River Gorge ter vias fantasticas, nada se compara a Red River Gorge, uma das melhores falesias do mundo. Mas falarei disso mais adiante... Em New River Gorge, como o nome indica, as falesias vao surgindo nas margens do New River. Existem muitas zonas com sectores, mas nos so escalamos em Kaymoor e em Summersvile Lake. Este foi o nosso primeiro contacto com a arenisca norte americana. No primeiro dia, e visto que a sorte persegue os audazes, fomos logo dar ao melhor sector. Aquecemos em vias de sexto grau, simplesmente fantasticas. Alias, nas escolas de arenisca onde estivemos as vias de sexto grau sao sempre boas e apetece fazer todas!!! Maravilhados com aquele sector quisemos ir logo ver os proximos, e apanhamos a primeira praxadela das ferias em busca de sectores: muita caminhada no meio das silvas, paredes verticais cheias de “nhapas” (tambem conhecidas por “selenitagens”), muito tempo a procura do “trail”... enfim, um epico! Fartos da praxadela, paramos junto de um 5.12a (7a+) com muito boa pinta. La tiramos tudo da mochila e zaca, o Nuno faz a vista e eu nem me mexo... L A noite quando estavamos na zona de acampada a conversar com locais fiquei finalmente a saber o nome da via, e fiquei mais bem disposta – “The world’s hardest 5.12a”. No ultimo dia fomos a Summersville Lake. Aqui as vias nascem coladinhas ao lago. Pode-se escalar, dar um mergulho, fazer psico bloco, ou ficar simplesmente a apanhar sol numa pedra entre mergulhos. As melhores vias que provamos foram 5.10s, que vai de 6a a 6b+. Arenisca laranja, meio desplomada, e com presas de tamanho inumano. Tambem apanhamos alguma porrada nos graus duros, porque por aqui as “ofertas” sao dificeis de encontrar.
.
Red River Gorge, Kentucky! O spot! Se falarmos de escalada desportiva nos Estados Unidos, fala-se sempre de Riffle e Red River. O sitio e simplesmente fantastico. A arenisca e de excelente qualidade e as vias sao maioritariamente de resistencia e continuidade. Os tons da rocha alteram entre o preto e os laranjas vivos. O local dos escaladores e o Miguel’s Pizza, que e um restaurante e um campground fundado por um tuga. Alem das pizzas excelentes o Miguel tambem vende material de escalada a pontapes. Os primeiros dias por aqui foram excelentes, o Nuno comecou logo a triunfar e eu a habituar-me outra vez as vias de continuidade em buracos. Visitamos imensos sectores, mas sem duvida o The Motherlode foi o que mais encheu os olhos, e e’ onde se concentram as vias mais duras da escola. Os ultimos dias fomos apanhamos por uma vaga de calor e foram mais banhos de rio do que escalada.
.
Do Kentucky iniciamos a nossa viagem rumo a costa Este, ainda vamos passar pela famosa zona de bloco do Arkansas e dai direccao Colorado e Utah. A escalada desportiva vai diminuir e vamos despedirmo-nos da arenisca...
.
Nota: Faltam a acentos... e os erros podem abundar, mas as pressas numa manha na biblioteca desculpam estas falhas.
.


9 Comments:

At 03 junho, 2007 00:21, Anonymous diogo said...

Belinha, mas que fantástico!
Continuação de uma optima viagem.

 
At 03 junho, 2007 18:19, Anonymous nuno cá de baixo said...

Hi there folks!!
Vossas pictures são Amazing! Mesmo mesmo boas! Imagino que a paisagem ajude, mas há ali mãozinhas criativas. Não sabia nada de vocês há já algum tempo, mas vejo q estão bem entregues..!
Saudades e desejo uma awesome trip.

 
At 04 junho, 2007 17:08, Blogger chb said...

Tava a ver que nunca mais... já era sem tempo de nos fazerem um bocadinho mais de inveja! ;)

Apertem e bom resto de viagem!

 
At 04 junho, 2007 17:47, Blogger Cigano said...

Hey!
Continuem a mandar textos e fotografias para irmos matando saudades.
Boa viagem!

p.s.: Tinha dúvidas mas hoje fui ao dicionário da Porto Editora e a vossa fotografia é usada para definir a palavra mete-nojo.

 
At 05 junho, 2007 13:08, Anonymous Anónimo said...

Olá! Não percebi metade, mas no meio das blocagens, selenitagens e outras "agens" k tal, pude perceber que estão bem e a adorar!!
Fico feliz, um bj enorme!
Mafalda

 
At 05 junho, 2007 21:50, Blogger Filipa Maldonado said...

Saudades

:*************************

 
At 06 junho, 2007 10:22, Blogger FCS said...

Ei! Será que me enganei na caixa de comentários? Isto parece um almoço de Domingo... Como vai e tal, saudades, ai engordei tanto, grande viagem, wonderfull, blabla,...

Para não destoar, sigo no mesmo tom,
boa sorte queridos voltem depressa (ou não)

 
At 08 junho, 2007 11:42, Anonymous Anónimo said...

BUTTTTAAAAAL amiga!
Beijinhos e saudades!

MGP

 
At 27 junho, 2007 16:38, Blogger Sem Naufragar said...

UAU! Que lindo! A-P-R-O-V-E-I-T-E-M
Que show de paisagem.
Isa

 

Enviar um comentário

<< Home