quinta-feira, novembro 06, 2008

As maravilhas da Osteopatia

Vai fazer agora um ano que eu tenho tido a supervisão do osteopata Gonçalo Costa.
.
Tudo começou porque ele também escala e decidiu propor-me um apoio em consultas de osteopatia, que seria vantajoso para os dois. Para mim porque ando sempre a queixar-me de dores aqui e ali, com costas contracturadas, cotovelos e ombros amassados, e lesões nos músculos; e para ele porque assim aprende mais sobre a anatomia funcional de um escalador e assim poder ajudar na prevenção e no tratamento de certas lesões comuns na escalada.
.
Nas primeiras sessões apenas fizemos um check-up geral. Vimos como andava a minha coluna vertebral (meio torta, mas nada de grave), a minha cervical, também vimos como tenho descompensados alguns músculos e seus antagonistas, principalmente dos braços (triceps e extensores do antebraço).
.
Ultimamente tenho ido às consultas porque o meu ombro direito anda a teimar em não me deixar dormir… depois de treinar, escalar ou trabalhar longas horas ao computador, acabo com dores terríveis na articulação do ombro. Parece que tenho a articulação "fora do sítio" e as cartilagens a queixarem-se, resultado de longas horas de treino, escalada e muito trabalho estático em frente ao computador. Depois de algumas sessões, que felizmente nada têm a ver com as sessões maquiavélicas de fisioterapia, e depois de cumprir alguns exercícios básicos que ajudam a "lubrificar" a articulação do ombro, tenho sentido melhorias extraordinárias. O Gonçalo aconselhou-me a tomar Glucomix para ajudar metabolicamente neste processo de recuperação.
.
O ombro já não me dói à noite e posso continuar a treinar e a escalar sem problemas… Claro que tive de abrandar o ritmo laboral (troquei o rato do computador para a mão esquerda), mas por agora não tenho tido dores. Tudo isto com sessões de osteopatia espaçadas em 2, 3 e às vezes 5 semanas.
.
Acho que para nós escaladores que praticamos este desporto com grande regularidade devemos ter o supervisionamento e aconselhamento de profissionais capazes de compreender e aconselhar-nos que medidas de prevenção nós devemos ter para não nos lesionarmos. Cada corpo é um corpo, e se não fizermos hoje um acompanhamento sistemático do mesmo, podemos sofrer mais tarde lesões graves que nos fazem encostar à box em épocas de puro fanatismo.
.
Para quem um dia necessitar deixo aqui o e-mail do Gonçalo: consultorio.de.osteopatia@gmail.com
.


Eu e o Gonçalo em plena sessão

7 Comments:

At 06 novembro, 2008 10:48, Blogger Nuno said...

"Claro que tive de abrandar o ritmo laboral (troquei o rato do computador para a mão esquerda)"

Claro é óbvio! Deixa o trabalho de vez e já nem vais precisar de ir ao osteopata!

 
At 06 novembro, 2008 11:18, Anonymous Anónimo said...

Está provado que o desemprego é a melhor solução pra se escalar bem!

Beijinhos

Paulo Roxo

 
At 06 novembro, 2008 12:30, Blogger xleen said...

Terá ele "cura" para uma escoliose que começa a dar-me dores diárias? :(

 
At 07 novembro, 2008 09:33, Anonymous FPereira said...

...Dizem que os tratamentos de osteopatia fazem dores na carteira... =)

 
At 14 novembro, 2008 16:23, Anonymous Anónimo said...

...Dizem que os tratamentos de osteopatia fazem dores na carteira... =)

Não mais do que fazer 20 inuteis sessões de fisioterapia... Horas e horas perdidas!

 
At 18 maio, 2011 14:58, Anonymous Anónimo said...

será que ajuda nas dores de érnia cervical?

 
At 18 maio, 2011 15:02, Blogger Isabel said...

Eu acho que sim!
Marca uma consulta com o Gonçalo ;)
consultorio.de.osteopatia@gmail.com
Bjhs e as melhoras.

 

Enviar um comentário

<< Home