terça-feira, outubro 18, 2011

Fraga do Anamão!

isabel diz - Ai! ai ai ai
isabel diz - Doem-me as costas e os pés!
isabel continua a dizer - Já não aguento as placas da Meadinha, aqueles gratonzinhos a cravarem-se nos pés.
isabel não se cala - Porque não vamos fazer outra coisa qualquer hoje? Podiamos ir caminhar, ou então ir escalar a outro sitio qualquer!!!
.
E foi assim que chegámos ao Anamão!
.
O Anamão (foto: Fernando Pereira)
.
Já que não íamos escalar na Meadinha, as alternativas foram surgindo e entre elas o Anamão. O Marco já tinha ouvido falar qualquer coisa sobre esse penedo lá para os lados de Castro Laboreiro. Parece que o Roxo já lá tinha estado a repetir a via não sei de quem. E mais qualquer... Era suficiente, já tinhamos a informação suficiente para a aventura do dia.
.
Esquece os croquis da Meadinha...

...bora lá!

No Centro de Interpretação do PNPG devemos encontrar mais info...

Aqui está ele - "Fraga do Anamão"

É por aqui! Não, por aqui! A velhota disse que que o sitio lá era coisa ruim... não se metam nisso!


Tá ali, tá ali! :)

Carregados que nem umas mulas lá fizemos a aproximação

Já se sente a altitude...

A paisagem e o paparazi

Santuário da Senhora do Numão (foto:Fernando Pereira)
.
O local do Santuário (foto: Fernando Pereira)
.
Olhámos para a parede enquanto tirávamos fotos e mais fotos e lá nos decidimos pela linha que nos pareceu mais óbvia. Um conjunto de fissuras que nos pareceu possível usando apenas os camalots. Olhando melhor o Marco diz "Ah! Está ali uma reunião!". Pronto, não éramos os primeiros a ter estado ali. Também não era para admirar, a linha era mesmo óbvia.
Então vamos a ela, a ver o que nos espera!
.
Levamos 2, 3 ou 4 conjuntos de friends? Felizmente a crise ainda não chegou à clássica. É tudo à grande!
.
Eu abri as hostilidades (leia-se o 1º largo) em estilo "tira erva, bota friend"
.
REEEUUNIIÃOOO
.
"Epah, Belinha, a via é altamente!"
.
"Que presa"!
.
"Duro!"
.
.
Tudo reunido na reunião!
.
Tentem adivinhar quantos friends o Miguel tem à cintura!
.
Miguel a escolher o material para começar o 2º largo
.
Vista panorâmica
.
2º largo, largo fantástico!
.
É de entalar as mãos! Fissura perfeita!
.
Mais do mesmo
.
Marco no 2º largo a entalar-se
.
Mais do mesmo
.
Eu já no final do 2º largo com o Santuário ao fundo.
.
Mais do mesmo
.
Já nas presas grandes antes da fissura larga
.
3º largo que o Marco abriu. Bem difícil ou impossível de proteger!
.
REEEEUUNIÃOO
.
Lá vou eu outra vez para o 4º e, supostamente, último largo
.
Pôe friend, entala! Entala e entala! Ufff... não consigo! Buaaahhh! Alguém para este entalanço?
Miguel e Marco em unissono - "Eu vou, eu vou". Só dá para um, o Miguel como convidado no norte teve direito à cerejinha!
.
Palhaçada!
.
Típico final de uma via grande!
.
Corre para o cume... ou não!
.
Os três no cume do Anamão! E todos sorridentes!
.
A descida... muito interessante!
.
E assim acabou mais uma aventura vertical.
.
Não sei bem explicar se terá sido a aventura em si se o isolamento e a beleza do local, mas o Penedo do Anamão é sem dúvida um sítio espectacular. Parabéns aos visionários que abriram as vias.
Depois de alguma investigação na net e de ter falado com este e com aquele, finalmente ficámos a saber que a via que fizemos foi "A marca do pastor, 6b+" aberta pelo Vitor Viana e pelo João Dinis em 1998, e repetida pelo Paulo Roxo e Daniela Teixeira em 2006.
.
Vitor Viana e João Dinis no 1º largo da via "A Marca do Pastor" em 1998
Foto tirada de: http://matagalatlante.org/nobre/hyt/pcc.html
.
No flickr do Fernando Pereira descobri que outras cordadas também por lá andaram em tentativas de chegar ao cume por outros caminhos. Emilio e António em 1981/82?, Bidji e Roxo em 19?, Grilo e Animado em 19?.
A primeira via da Fraga do Anamão pertence a Juan e Santiago Alonso que chegaram ao cume do Anamão em Junho de 1975 pela via Sualonso V+A1. O Fernando Pereira também por lá andou com o António Afonso em 2008 e abriram a "Maldição do Numão, 6c+" e a "Cobra!Tigre!Zebra!, 7a?".
Se alguém tiver mais informações sobre datas ou vias por favor diga qualquer coisa para a história ficar mais organizada.

5 Comments:

At 20 outubro, 2011 09:00, Blogger sesa said...

Grande aventura no Norte! Quando voltam?
Tem muito boa pinta esse tal de "anamã", a ver se fazemos uma visita um dia destes.

Abreijos
AB

 
At 20 outubro, 2011 22:45, Anonymous Anónimo said...

No ano de 2000, na companhia do João "Animado" e do Carlos Araujo, realizamos uma tentativa de abertura nesta fraga (via incompleta).

Mais tarde, na companhia do Ricardo "Pisco" também realizamos uma repetição da «Marca do Pastor».

Não é muito, mas aqui fica mais alguma informação...

M. Grillo

 
At 21 outubro, 2011 11:31, Anonymous Anónimo said...

Realmente o lugar está bem enquadrado, sobre paisagens inebriantes e encobertas por uma atmosfera cheia de lendas e mitos, alimentadas pelas suas, isoladas, mas genuínas gentes. “É o Norte carago” :)
MC

 
At 21 outubro, 2011 15:05, Blogger Isabel said...

Obrigado Grillo pela ajuda :) Realmente faltam por ali alguns acontecimentos para cômpor a história da escalada no Anamão. Também arranjei o croqui da via Sualongo, o Ferman tem tudo!
E quando voltas lá para terminar o trabalho já começado?!
O sítio é realmente fantástico como diz o MC ;)
Beijinhos

 
At 24 outubro, 2011 13:30, Blogger Daniela Teixeira said...

Super cool!!!!!
A "Marca do Pastor" deixa de facto uma marca por quem lá passa :)
Bons relatos, boas aventuras ;)
Bjs
Daniela

 

Enviar um comentário

<< Home